sexta-feira, 13 de abril de 2007

Sexta-feira 13

Um post em homenagem ao dia, ele merece! Um dia 13 que coincida cair numa sexta-feira, não importa o mês é considerado sinônimo de azar. Antes do século XIX o dia 13 e a sexta-feira eram considerados sinais de mau agouro, mas até então não haviam ligado o número a data. A partir de então passaram a acreditar que esse fatídico dia é um período de acontecimentos ruins e maus presságios.



Estima-se que, nos Estados Unidos, haja um prejuízo que varia de $800 a $900 milhões de dólares nos negócios neste dia devido a pessoas que desistem dos seus vôos ou deixam de realizar os negócios que normalmente fariam. Foi, inclusive, criada uma palavra que define o medo da sexta-feira 13: paraskavedekatriaphobia. O nome é grande e vêm do grego, evite falá-lo mais de três vezes seguidas numa sexta-feira 13, com sérios riscos de adquirir uma íngua na língua.




Dentre as razões apontadas para que essa data fosse considerada maldita temos,









na Bíblia:




  1. A Santa Ceia, com histórias de que Judas seria o décimo terceiro convidado e que a Crucificação de Jesus teria ocorrido numa sexta-feira.


  2. Eva teria oferecido a maça a Adão numa sexta-feira. (Apesar da Bíblia não se referir a dias da semana)


  3. Caim matou Abel numa sexta-feira. (A Bíblia ainda não se referia a dias da semana).


  4. Que no dia 13 de Outubro de 1307, o Rei Philip IV, o belo, mandou matar cerca de 5.000 Cavaleiros da Ordem dos Templários (aliados da Igreja) ao mesmo tempo na França. Era uma sexta feira.

míticas:



  1. Na Escandinávia (atuais Noruega, Suécia e Dinamarca), existia uma deusa do amor e da beleza chamada Friga (que deu origem a friadagr, sexta-feira). Quando tribos nórdicas e alemãs se converteram aos cristianismo, a lenda transformou Friga em uma bruxa exilada no alto de uma montanha e que, para vingar-se, ela passou a reunir todas as sextas com outras onze bruxas e mais o demônio - treze no total - para rogar pragas sobre os humanos. De lá a superstição para para toda Europa.


  2. Na mitologia Nórdica, em Valhalla, o castelo de Odin e a morada dos deuses, houve um banquete para o qual foram convidados doze divindades. Loki, o deus do mal e da discórdia, apareceu sem ser chamado e armou uma briga que resultou na morte de um dos deuses mais queridos. A partir de então, somada com a história da Santa Ceia, surgiu a premissa de que convidar 13 pessoas para uma refeição não é um bom sinal.









Mas, historicamente falando, não existe nenhuma data comprovada que possa ser relacionada com a superstição da sexta-feira 13.






Analizando dados estatísticos é possível verificar que alguns anos têm maior incidência de sextas-feiras 13 do que outros como mostra a tabela abaixo:


Também é possível, analizando os 400 anos do ciclo do Calendário Gregoriano, que tem 4.800 meses presentes e que conta com 146.097 dias, o dia 13 tem maior incidência na sexta. Veja abaixo o número de incidências do número 13 por dia da semana:





A Sexta-feira 13 virou filme de terror do tipo B na década de 80 e fez o sucesso de Jason Voorhees. A série fez tanto sucesso que não só rendeu 10 continuações, como também uma versão atualizada em Jason X (2002) e uma batalha contra outro pesadelo dos filmes B, Freddy Krueger, no épico meia boca Freddy vs. Jason (2203).


Também foi nome de vírus de computador que causou pânico em 1987. Com intuitos políticos tinha tudo para ser um vírus arrasador se não aumentasse demais o tamanho de alguns executáveis, causando um erro de falta de memória no sistema e denunciando assim sua presença. Esse vírus deletava todos os arquivos do HD e só poupava aqueles criados entre 1985 e 1986.



Cerca de 17 milhões de pessoas do mundo todo temem esta data. Eu, assim como os demais, acho que sendo 13 ou não a sexta-feira é sempre muito bem vinda. Viva a sexta-feira!

4 comentários:

Fabio disse...

Como eu disse no blog da Mi, o melhor de uma sexta feira 13 é que depois vem um sábado 14..tks God

Mi disse...

O que é uma sexta feira 13 prá quem toma todos os dias,né??hahahaha... tô com humor negro hj...bjo

César disse...

Eu só conhecia a história da morte dos cavaleiros da órdem dos Templários!
Mas como vc disse, 6º feira é muito bem vinda! hahahaha...
Um abraço!

Joe "UNABOMBER" Barbara disse...

Em tempo.O reino de Odin é Asgard.
Valhalla e a morada dos guerreiros mortos em combates.
Parabéns pelas pequisas.